You are here
Futebol Amador Ruralão 

“Estou empenhado nesse novo desafio no Amazonas e vivendo uma vida nova”, diz Davi, que mora em SC

Fora de Araxá, MG, ele quer seguir no futebol e, quando a prática tiver
normalizada, vai enfrentar um novo desafio; jogar no Amazonas.
Foto: Acervo Davi

Com 27 anos de idade, Davi tomou uma decisão em meio a pandemia do coronavírus. Ele mudou de Araxá e está morando em Governador Celso Ramos a convite do irmão e da cunhada. Sem emprego e em busca de uma vida melhor, Davi mora há seis meses no estado de Santa Catarina. Atualmente, ele está estudando o curso de enfermagem e conta com a ajuda da família.

Davi herdou uma herança do pai, que faleceu há 17 anos aqui em Araxá, o gosto pelo futebol. Vindo de uma família de 10 irmãos, sendo nove homens e uma mulher, a maioria é envolvida com a prática esportiva. Em 2019, o último ano que teve Ruralão, Davi estava na Fazenda Vingadores ao lado do irmão Wellington. “Ainda tem o Edmilson, lateral-direito, Tiago e Lucas, goleiros, Diogo, lateral-esquerdo, e Peterson, meio-campista”, conta.

Mesmo em tempos difíceis impostos pela pandemia, Davi não deixa o esporte de lado e, segundo ele, está confirmado no Amazonas, um time do futebol amador de Governador Celso Ramos, cidade catarinense com pouco mais de 3 mil habitantes.

“O presidente do clube aqui marcou um amistoso com um time de Balneário Camburiú para disputar o amador. Continuo correndo e preparando fisicamente para estar em forma quando o futebol voltar ao normal aqui em Santa Catarina. Comecei em Araxá com no Trianon com Leonardo e Fernandinho Luxa, depois joguei na base do Araxá Esporte, fui para o Ipiranga, além da Fazenda Vingadores meu último clube. Agora estou empenhado nesse novo desafio no Amazonas e vivendo uma vida nova. Um abraço para a família e todos os amigos de Araxá”, finalizou Davi.

Related posts

Leave a Comment