You are here
Futebol Amador 

Vila Nova vence no primeiro jogo da final do Campeonato Amador

Tricolor aumenta vantagem e, além do empate, pode perder por um gol para ser campeão do Amadorão pela oitava vez; em busca do título inédito, Inter tem que vencer por dois ou mais gols.
Fotos: Caio César Aureliano Na Batida do Esporte

O Campeonato Amador começou a ser decidido neste domingo, 1 de dezembro, no Estádio Municipal Fausto Alvim. A bola rolou para a primeira partida da final entre Internacional x Vila Nova, com transmissão do canal do Facebook Na Batida do Esporte. O vencedor do jogo foi o Vila, 2 a 1 para cima do Internacional que, além do empate, pode perder por um gol para ser campeão do Amadorão pela oitava vez na história. Já o Internacional tenta o título inédito e precisa vencer por dois ou mais gols.

Foi um jogo muito equilibrado digno de final. O Internacional tinha mais a posse da bola, porém pecava no último passe. A equipe saiu reclamando bastante da arbitragem de Wesley Elias, por conta principalmente de dois gols assinalados ao longo da partida. Já o Vila aproveitava melhor as oportunidades e teve méritos para sair como vencedor na rodada de ida do Amadorão.

Aos 12 minutos do primeiro tempo, Tiago Humberto teve espaço para dominar na entrada da área e soltou chute forte marcando 1 a 0 a favor do tricolor. Esse resultado de 1 a 0 permaneceu no restante do primeiro tempo, mas poderia ter sido alterado. Robson finalizou a jogada que começou pelo lado direito com toque de cabeça para o fundo da rede. A arbitragem de Wesley Elias, seguindo a marcação de Zé Roberto, anulou gol causando revolta pelo lado do Internacional. Ainda na etapa inicial, o jogo ficou parado por conta da ambulância que entrou no gramado para socorrer o Lucas Podolski, no chão, em um prazo de 5 minutos. Ele não acabou entrando na ambulância e saiu carregado pelos companheiros para fora do campo.

No segundo tempo, o Vila Nova explorou a velocidade do ataque para fazer o segundo gol. Marcos Willian arrancou com a bola dominada e, em jogada individual, chegou na cara do goleiro Railson. Com frieza, ele tirou do adversário e tocou no canto esquerdo, 2 a 0, aos 3 minutos. A equipe do Vila teve a chance de aumentar o placar em pênalti batido pelo próprio Marcos Willian. Ele sofreu falta de Marcinho na área. O atacante bateu e o goleiro Railson pegou no canto direito.

Após a defesa de Railson, a confiança do Internacional aumentou sensivelmente e Two, chutando de fora da área, mandou a bola no canto esquerdo para diminuir. Outro lance que gerou reclamação do Inter foi do atacante Vagner Love. Ele fintou o goleiro Túlio e fez o gol. Mais uma vez, o árbitro Wesley Elias marcou seguindo a sinalização do assistente Fabrício Borges, impedimento na jogada, quando estava 2 a 0 para o Vila.

Com mando do Vila, tricolor e Internacional voltam a jogar no próximo final de semana e, claro, terá transmissão do canal do Facebook Na Batida do Esporte. Local e horário da decisão serão definidos durante a semana, em conjunto com os clubes, pela Liga Araxaense de Desportos (LAD).

Internacional 1×2 Vila Nova

Internacional: Railson; Marcinho, Erik, Dedé e Warllen; Lucas Podolski (Waltinho), Vitinho, Bodinho (Lucas) e Robson (Two); Ostinho Careca (Flávio) e Vagner Love. Treinador: Luciano Faria

Vila Nova: Túlio; Val, Everton Negão, Cauê e Neca; Ciel, Daniel, Zé Eurípedes e Marcos Willian; Tiago Humberto e Dodô. Treinador: Nélio Reis

Arbitragem: Wesley Elias, auxiliado por Fabrício Borges e Zé Roberto. Quarto árbitro: Célio Eloi. Mesária: Eliane Martins


Artilharia

Fabrício Caceba (Malvinas) – 14 gols / Vagner Love (Internacional) – 13 gols / Ostinho Careca (Internacional) – 11 gols / Bebeto (Santa Terezinha) – 11 gols / Marcos Willian (Vila Nova) – 11 gols / Victor (Malvinas) – 10 gols / Marciano (Ferrocarril) – 7 gols / Douglas (Santa Terezinha) – 6 gols / Vitinho (Internacional) – 5 gols / Juninho Alagoano (Milan) – 5 gols / Lucas Ribite (Malvinas) – 5 gols / Landerson (Santa Terezinha) – 4 gols / Wesley (Santa Terezinha) – 4 gols / Johnata (Malvinas) – 4 gols / Pool Júnior (Dínamo) – 4 gols / Tiago Pereira (Dínamo) – 4 gols / Caio Xaropinho (Dínamo) – 4 gols / Robert Tatisu (Dínamo) – 4 gols / Waguinho (Santa Terezinha) – 4 gols / Dodô (Vila Nova) – 4 gols / Daniel (Vila Nova) – 4 gols / Zé Eurípedes (Vila Nova) – 4 gols / Tiago Humberto (Vila Nova) – 4 gols / Renato Augusto (Santa Terezinha) – 3 gols / Jô (Ferrocarril) – 3 gols / João Paulo Têto (União) – 3 gols / Guilherme Mascote (Dínamo) – 3 gols / Jordan (São Pedro) – 3 gols / Alef (São Pedro) – 3 gols / Ronaldo (Internacional) – 3 gols / Conca (União) – 3 gols / Ricardo Bombado (União) – 2 gols / Gilson (União) – 2 gols / Xande (Dínamo) – 2 gols / Victor (Milan) – 2 gols / Lequim (Milan) – 2 gols / Paulo (Planeta) – 2 gols / Kevin (Tupy) – 2 gols / Alex Johne (Santa Terezinha) – 2 gols / Ademilson (Santa Terezinha) – 2 gols / Múcio (São Pedro) – 2 gols / Alisson (Arachás) – 2 gols / Ciel (Vila Nova) – 2 gols / Maikon Douglas (Vila Nova) – 2 gols / Bruno Perdizes (Vila Nova) – 2 gols / Robson (Internacional) – 2 gols / Flávio (Internacional) – 2 gols / Paulão (Ferrocarril) – 2 gols / Amâncio (Ferrocarril) – 1 gol / Flavinho (Ferrocarril) – 1 gol / Alex Sandro (Ferrocarril) – 1 gol / Marcelinho (Arachás) – 1 gol / Jefinho (Arachás) – 1 gol / Jefinho (Trianon) – 1 gol / Maxwell (Trianon) – 1 gol / Davi (Trianon) – 1 gol / Peterson (Trianon) – 1 gol / Kim (Malvinas) – 1 gol / Fernando Henrique (Malvinas) – 1 gol / Marcelo (Malvinas) – 1 gol / Leonardo (União) – 1 gol / Fabrício (União) – 1 gol / João Pedro (União) – 1 gol / Eric (União) – 1 gol / Nininho (União) – 1 gol / Ninho (União) – 1 gol / Marcos Henrique (Milan) – 1 gol / Welton (Milan) – 1 gol / Léo (Milan) – 1 gol / Shark (Milan) – 1 gol / Maciel (Milan) – 1 gol / Elielson (Milan) – 1 gol / Jackson (Milan) – 1 gol / Victor Tanaka (Dínamo) – 1 gol / Émerson (Dínamo) – 1 gol / Kelvy (Dínamo) – 1 gol / Two (Internacional) – 1 gol / Railson (Internacional) – 1 gol / Bruno Boa Vista (Internacional) – 1 gol / Waltinho (Internacional) – 1 gol / Thiago Piriá (Internacional) – 1 gol / Correiha (Tupy) – 1 gol / Jeferson (Tupy) – 1 gol / Osvaldo (São Pedro) – 1 gol / Hamilton Maranhão (São Pedro) – 1 gol / Danilo (São Pedro) – 1 gol / Filipe (Santa Terezinha) – 1 gol / Maicon (Santa Terezinha) – 1 gol / Rafael Lemos (Santa Terezinha) – 1 gol / Nicolas (Planeta) – 1 gol / John Lennon (Planeta) – 1 gol / Diego (Planeta) – 1 gol / Jeová (Planeta) – 1 gol / Marquinho (Mercado) – 1 gol / Neto Princesa (Mercado) – 1 gol / Sadan (Mercado) – 1 gol / Edeilson Pernambuco (Mercado) – 1 gol / Cauê (Vila Nova) – 1 gol / Matheus Ibiá (Vila Nova) – 1 gol / Ronaldo (São Pedro) – 1 gol contra / João Samuel (Trianon) – 1 gol contra / Davi (Trianon) – 1 gol contra / Guilherme (União) – 1 gol contra

Related posts

One thought on “Vila Nova vence no primeiro jogo da final do Campeonato Amador

  1. […] Vila Nova vence no primeiro jogo da final do Campeonato Amador […]

Leave a Comment