You are here
Araxá Esporte Clube Campeonato Mineiro 

Ganso perde nos pênaltis e vê sonho do Módulo II adiado para 2019

Após 2 a 0 nos 90 minutos, Ganso erra três penalidades máximas e
está fora da final do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão.
Foto: FMF

Neste domingo, 21, o Araxá Esporte jogou novamente com o Coimbra para definir quem iria ser um dos finalistas do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. A missão do Ganso era tirar a diferença imposta pelo Coimbra na ida que fez 2 a 0. Os comandados do treinador Rogério Henrique sabiam das dificuldades que iriam enfrentar contra uma equipe primeira colocada na 1ª fase do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão e fizeram bonito mostrando um melhor futebol praticado na quarta-feira passada.

No primeiro tempo, Bruno Aquino e Saulo deram uma chama de esperança para torcida que ficou em Araxá acompanhando a transmissão pelo rádio ou pela internet ou da Arena do Calçado, em Nova Serrana. O Ganso poderia ter feito 3 a 0, mas as chances criadas não foram convertidas em gols. Principalmente no segundo tempo, o Coimbra teve perto de fazer um gol que eliminasse o Araxá na disputa, só que o goleiro Alencar salvou o Ganso.

Com 2 a 0, em Araxá, e o mesmo marcador repetido em Nova Serrana, a decisão foi para as penalidades máximas. O índice de acerto do Coimbra foi melhor que o Araxá Esporte com Bruno Mineiro, Lucas Hipólito e Vitor Hugo convertendo a cobrança da classificação garantida à final do Módulo II de 2019. O Ganso errou as três cobranças com Bruno Aquino e Filipe Caldeira que pararam nas defesas do goleiro Glaycon e o Diogo Capela mandando para a linha de fundo. Pelo lado do Coimbra, das quatro cobranças, apenas uma foi desperdiçada pelo Filipinho que chutou para defesa do goleiro Glaycon.

Após ter sido quarto colocado no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão na 1ª fase, o Araxá para no Coimbra, que ao lado do Atlhetic, vai participar do Módulo II de 2019 e decidem quem será o campeão da última divisão de acesso do futebol do estado na última semana deste mês. Ao Araxá, restou ficar com o gostinho de quero mais e já começar a se planejar para participar do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de 2019 de olho no Módulo II de 2020.

Pela falta de apoio financeiro enfrentada durante o campeonato, os jogadores, sem receber salários há quase 4 meses, fizeram bonito com a camisa do Araxá principalmente nessa partida contra o Coimbra revertendo uma vantagem de dois gols na ida, porém faltou converter as cobranças de penalidades máximas com competência.

Pós-jogo

Em entrevista à Equipe Bola Na Rede da Rádio Imbiara, jogadores, diretor Estéfano Caetano e treinador Rogério Henrique exaltaram o espírito de luta do time do Araxá Esporte, mas fizeram questão de lembrar da arbitragem de Igor Júnio Benevenuto que, para o grupo, influenciou na classificação por conta de um dos gols marcados na ida estar em impedimento.

Coimbra 0 (3)x 3 (0) Araxá Esporte

Coimbra: Glaycon; Usiel, Breno, Carciano e Lucas Hipólito; Kauê, Richard, Gustavo e Filipinho; Bruno Menezes e Bruno Gonçalves. Treinador: Diogo Giacomini

Araxá: Alencar; Ricardo Luz, Juninho, Victor Melo e Fernandinho Augusto; Bruno Moreno, Matheus Gonzaga, Diogo Capela e Hiwry; Saulo e Bruno Aquino. Treinador: Rogério Henrique

Arbitragem: Émerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira e Celso Luiz da Silva

Related posts

Leave a Comment